Abraham Lincoln

Abraham Lincoln

By | 2018-04-03T19:59:07+00:00 domingo, 25 mar 2018|Natividades, Prática|0 Comentários

Júpiter, no entanto, domiciliado no signo de Peixes, cantou-lhe a fama e deu-lhe a honra pública que promete àqueles de quem rege a casa 10, a casa que diz, entre outros dizeres, do reconhecimento que o nativo tem por seu trabalho e sua imagem.
Lincoln, o melancólico, o depressivo, aquele que a cabeça pesava para o lado esquerdo, e que sofria imensamente por isso, foi o titã que escreveu a sublime página da abolição da escravidão, notadamente, a que está gravada na forma do “Discurso da Casa Dividida”.http://www.abrahamlincolnonline.org/lincoln/speeches/house.htm

https://www.theatlantic.com/magazine/archive/2005/10/lincolns-great-depression/304247/


Aqui no Brasil, na Saturnália, ecoam as palavras do “misterioso astro” Luiz Gama, ao se recordar da cruz em chamas – do Kentucky, do Alabama, do Mississippi em chamas – que Lincoln carregou.

“Ao positivismo da macia escravidão, eu anteponho o das revoluções da liberdade; quero ser louco como John Brown, como Espártacus, como Lincoln, como Jesus; detesto, porém, a calma farisaica de Pilatos”.

O “louco” que o poeta Gama invocou é o louco da casa 12, casa na qual ele, o menino que acorrentado escalou os mil metros da Serra do Cubatão, tinha sua inapagável parte.

Quando se acha a chave que destranca o cadeado da cadeia, o que era prisioneiro, vira guardião. Guardião do segredo. Lincoln e Gama que nos ensinam.

 

Sobre o Autor:

Bruno Rodrigues de Lima nasceu corinthiano (graças a Deus) no lado norte da cidade de São Paulo. Viveu ilegalmente no lado leste de New York City e legalmente, veja só, na cidade do Salvador da Bahia, onde se graduou em Direito e trabalhou na Escola Municipal Eugênia Anna dos Santos (Comunidade Ọbá Biyi n'Ilê Axé Opô Afonjá). É mestre em Direito, Estado e Constituição pela Universidade de Brasília (UnB), instituição pela qual cursa o doutorado também em Direito (Constituição e Democracia) e, mestrando em História Social na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Começou os estudos astrológicos em 2009 e desde 2014 contribui regularmente com a Saturnália - Escola de Astrologia. É advogado militante no Supremo Tribunal Federal e editor de "Lama & Sangue - Bahia 1926". http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4402319Y6

Deixar Um Comentário