top of page

O que é Lua Vazia ou Fora de Curso

Atualizado: 28 de fev. de 2023


Lua Fora de Curso ou Lua Vazia de Curso, segundo a Astrologia Helenística é, quando, dentro de uma noite e um dia, a Lua não faz conjunção ou aspecto com outro planeta, seja o aspecto aplicativo (isto é, quando a Lua se aproxima de outro planeta, estabelecendo contato), partil (quando a Lua chega ao grau exato de outro planeta) ou separativo (como o nome mesmo diz, quando a Lua se separa, se despede de outro planeta).


Uma noite e um dia equivalem a 13 graus na roda do zodíaco, isto é, a 13 passos da Lua. Na prática, a Lua estará FORA de CURSO se não fizer aspecto dentro de uma orbe de 13 graus, tanto aspecto aplicativo quanto separativo, isto é, para frente e para trás, independentemente de a Lua mudar de signo ou não.


Os aspectos considerados são os chamados ptolomaicos: sextil (60 graus), quadratura (90 graus), trígono (120 graus), oposição (180 gaus) e mais a conjunção (0 grau) que, a rigor, não é chamado de aspecto. A Lua Vazia de Curso, segundo a astrologia helenística, é muito rara de acontecer, portanto. Quando acontece, o nativo é lançado no mundo à sua própria sorte, é uma espécie de Macunaíma, sem pai nem mãe.


O conceito da Lua Vazia de Curso também é utilizado pela Astrologia Horária, prática astrológica que responde a perguntas (se não há pergunta, não há Astrologia Horária, muito menos Lua Fora de Curso). Dentro desta prática, a Lua Vazia de Curso é aquele tempo no qual a Lua não faz aspecto enquanto muda de um signo. Difere do conceito anterior, helenístico. Mas acontece que ninguém que pratica astrologia horária um dia afirmou que nada acontecerá no mundo enquanto a Lua muda de signo. Todo iniciante em astrologia sabe que a Lua mudar de signo logo após a formulação de uma pergunta, apenas indica que o curso dos acontecimentos mudará de regência. E se a Lua, além disso, demorar para fazer o próximo aspecto aplicativo, aí sim, quer dizer que pouca coisa está acontecendo.


A Astrologia Eletiva, a que escolhe data e hora para início de determinada empresa (cirurgia, abertura de negócio, viagem, etc), também faz uso deste conceito. Se não há evento desejado ou requerido, não há Astrologia Eletiva, muito menos Lua Fora de Curso. Tanto nesta prática, quanto na Horária, aspectos separativos e aplicativos são considerados.


Mas com qual conceito geralmente são feitas as tabelas da Lua Fora de Curso espalhadas pelos sites pela web afora?


Nestas tabelas, a Lua Fora de Curso é localizada entre o último aspecto partil (exato) e o próximo, enquanto a Lua muda de um signo a outro. É com este conceito que as tabelas de Lua Fora de Curso são feitas. Desconsideram aspectos aplicativos e separativos, isto é, conceitos tradicionais da prática astrológica. Apenas apontam quando haverá a mudança de signo, sem indicar de quem a Lua se separa, a quem a Lua se aplica.


O site Saturnália – Astrologia & Cidade não promove a divulgação das tabelas da Lua Fora de Curso, por entender que este conceito é de uso restrito do astrólogo dentro de práticas específicas. Pude constatar que a banalização destas tabelas apenas incentivam comportamentos supersticiosos e, pior, fóbicos por parte dos leigos. Quer dizer, um desserviço. Se você é astrólogo, faça bom proveito, adaptando-a de acordo com o contexto.


270 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page