Cruella, A Grande Maléfica







CRUELLA -


O Cinema Céu de hoje é sobre Cruella, lançamento da Disney, um longa inspirado na vilã de 101 Dalmatas, a que tem aparência cadavérica, cabelo de duas cores e veste casacos com a pele dos adoráveis cães. A versão brasileira do desenho animado tem uma canção que diz:


“- Cruella Cruel/ Cruella Cruel/ é mais traiçoeira que uma cascavel/ em suas veias só circula fel// Cruella Cruella/ Cruel”.

É divertido.



O filme lançado no dia 28 de maio de 2021, às 00h, tem a escorpiana Emma Stone no papel principal que nos conta como a menina Stella transforma-se em Cruella DeVil, uma das vilãs mais queridas do universo dos vilões. O filme faz referências a Diabo Veste Prada, ao Silêncio dos Inocentes, ao movimento punk (embora a trilha poderia ter sido ainda mais punk) e uma homenagem mais do que evidente a ariana de Sol e Leão de Lua, a estilista Viviane Westwood. E, claro, a David Bowie.





Vou levantar apenas três pontos astrológicos, para não ficar enfadonho a conversa (mas se ficar enfadonha, paciência):


1) A Lua, a que está em seu detrimento (Capricórnio) e em casa maléfica (Casa 12), e, por isso, retrata uma história de orfandade, violência e humilhações de toda ordem, encontra-se num grau esfumaçado, o grau 2 do Capricórnio. Cruella DeVil, no desenho animado, fuma como se fosse uma chaminé.


2) A Lua, a diretora de cena, dirige-se para se opor a Marte que, por sua vez, encontra-se na casa dos pets, a Casa 6. Stella passa o filme todo correndo de cães! Detalhe: Marte está próximo à Proccyon (26 Cancer), a alfa do Cão Menor, e quem diria que os cãezinhos-ladrões roubariam a cena dos grandes Dalmatas? Até lembrei de Benji, o cão-protagonista de um filme de 1974, que ganhou série televisiva nos anos 80.


3) o Ascendente do filme é Aquário. Saturno, regente do Aquário, está em Aquário. Até Hollywood sabe que Saturno é chamado de O Grande Maléfico, o Vilão que a gente quer ver atuando todas as vilezas do mundo. A protagonista, a razão do filme, o regente da 1, é de Saturno. E tem outra razão que sinaliza que Cruella é Saturno em seus próprios domínios: o cabelo de duas cores que, neste contexto, não é elemento da estética punk, mas motivo de vergonha. Saturno governa o sentimento profundo de inadequação. Essa coisa de dizer que Aquário é diferentão, deriva dessa condição de Saturno, o que rege, por exemplo, a verruga na ponta do nariz de Mary Poppins, a ferida do coxo Dr. House ou aquele detalhe que a sociedade não quer ver mas o diabo do bufo faz questão de gritá-lo no picadeiro do mundo chamando a nossa atenção. Viva Cruella DeVil!


"Eu tenho certeza que Cruella/Veio de um lugar que é bem cruel/ Seus olhos são de alguém/são de alguém que vem do além/e esse além eu sei não é do céu" (canta o pianista do desenho animado: https://www.youtube.com/watch?v=FRA9oORkogk) .

Cruella Devil é uma personagem Lua-Saturno. A Stella é Vênus.



OS CÃES GUARDIÕES DO LIMIAR -





Cruella DeVil é a vilã que não gosta dos Dalmatas. É assim no original, no desenho animado. No filme, esse rancor aos cães grandes é contextualizado. Veja o filme, não vou dar spoiler.


No Céu greco-romano temos dois cães. O Cão Maior e o Cão Menor. A alfa do Cão Maior é Sirius, a estrela mais brilhante dos céus. A alfa do Cão Menor, é Proccyon.


Sirius é a Estrela do Cão, de Dias de Cão, anuncia o verão insuportavelmente quente. É vista no filme “Faça a Coisa Certa” de Spike Lee (aliás, esse filme é o meu exemplo-mor para falar desta destinação no curso de Estrelas Fixas da Saturnália). Sua psicologia orbita o tema da lealdade e do calor intenso, é uma estrela de Júpiter e Marte. Já Proccyon é o cãozinho esperto e veloz que está sempre várias patas à frente da matilha. Há uma constante citação de perigo de afogamento sob essa destinação. Afinal, Proccyon às vezes quer cavar água. É também o Cão Menor, por conta da sua velocidade e curiosidade imensas, que acha tesouros inimagináveis. Estrela de Mercúrio e Marte.


Todo cão é de Marte.


Sirius está a 14 e Proccyon a 26 do Caranguejo. Cãocer.


Cruella, o filme, tem a Fortuna (11 do Cancer) do filme próxima a Sirius, Cão Maior, e Marte (21 de Cancer), a Proccyon, Cão Menor.



Os Cães em Cruella fazem a função dramatúrgica de Guardiões do Limiar e também de Aliados.


Os Guardiões são aqueles que impedem a passagem do herói. Cérbero na porta de Hades tem essa função na mitologia greco-romana.


Já os Aliados são aqueles que ajudam o herói a vencer a prova imposta, que é sempre a de se transformar.


Como esse é um filme que conta como se dá a travessia de Stella à Cruella DeVile, tanto o Guardião do Limiar como os Aliados são peças fundamentais da narrativa.


Em Astrologia, a Casa dos Aliados é a 2. No mapa do filme é onde está Júpiter domiciliado (Peixes). Júpiter que se exalta na 6 (Cancer) e queda na 12 (Capricórnio), onde está a Lua. Vale lembrar que a Casa 6 é a dos animais pequenos e a Casa 12 a dos animais grandes. Stella tem bons aliados e cruéis inimigos.


Poderia pensar também que a Casa do Limiar é a 8. Também conhecida por ser uma das portas de Hades, a porta de descida. É onde está a Parte do Espírito. Ambos, Parte e Casa, são regidas por Mercúrio que, por sua vez, encontra-se domiciliado, conjunto a Vênus jubilada em Gêmeos, estrela da Stella. Quer dizer, Stella tem a chave de como passar o limiar e se transformar em Cruella DeVil sin perder la ternura jamás. Veja o filme e depois me diz se ela foi bem sucedida com os cães guardiães do limiar.




BARONESA DO SOL -



E a Baronesa? Qual é o planeta que a representa?


O Sol, é claro.


Quais são os indícios disso?


Primeiro é o próprio nome, Baronesa, um título de nobreza.


Segundo indício é o comportamento tirânico da Baronesa mandando e desmandando. O Rei déspota é a sombra do Sol que pressente que perderá ou nunca teve poder. Quer dizer, um mundo inteiro orbitando em torno da sua radiação e Baronesa exercendo a sombra do seu reino à beira da ruína: o Sol caminha em direção aos Nodos, lugar de eclipse.


O Sol, além da sua marcha em direção ao eclipse, está peregrino e fora de seita (Cruella foi lançado de noite), isto é, encontra-se sem força ou poder.


Outro detalhe: o Sol – Baronesa – está em antíscia com Marte, e Marte, já vimos, trata dos Cães . E também Marte é o significador da Mãe (regente da 10).


Uma boniteza: Vênus encontra-se fora dos limites do Sol. Vênus que, por ser vespertina e estar jubilada, narra a história. Vênus que, quando o mapa é noturno, é o melhor planeta.


Vênus é Stella, a que pelo espelho, vê Baronesa e a si mesma.


João Acuio

06/06/2021

@cinemaceu








66 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo